Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Ténis: Topo do ranking mundial está de "baixa"

Ténis: Topo do ranking mundial está de "baixa"
Tamanho do texto Aa Aa

A época de ténis está prestes a começar mas o topo do ranking mundial está quase todo de "baixa". Rafael Nadal desistiu de participar nos torneios de exibição de Abu Dhabi e Brisbane porque se lesionou no joelho, no Masters em novembro.

O número um mundial quer estar "operacional" dentro de duas semanas, quando arranca o Open da Austrália, o primeiro Grand Slam da temporada.

O cotovelo é a grande preocupação de Novak Djokovic e o motivo pelo qual está afastado dos courts desde julho. Ainda não é certo que o sérvio esteja apto a participar no torneio de Melbourne.

É também desde julho, desde do torneio de Wimbledon, que Andy Murry não participa num encontro oficial. O escocês lida desde essa altura com problemas na anca e por isso decidiu não forçar tanto em 2018. Stan Wawrinka e Jo-Wilfried Tsonga também decidiram adiar o regresso às competições por causa de lesões. Do topo da tabela, a única excepção é Roger Federer. Aos 36 anos, o suíço parece estar em grande forma e arranca o ano já a competir.