Última hora

Última hora

Spotify processado em 1,3 mil milhões de euros

Em leitura:

Spotify processado em 1,3 mil milhões de euros

Spotify processado em 1,3 mil milhões de euros
Tamanho do texto Aa Aa

O serviço líder no mercado de streaming de música foi alvo de um processo por parte da promotora californiana Wixen Music Publishing, que acusa a empresa sueca de disponibilizar milhares de canções que não estão devidamente licenciadas, infringindo os direitos de compositores e editores. A promotora norte-americana evoca danos de 1,6 mil milhões de dólares (1,3 mil milhões de euros).

Este não é o primeiro litígio entre o Spotify e as restantes empresas da indústria musical. Em maio, a empresa sueca propôs um acordo no valor de cerca de 35 milhões de euros a artistas e editoras e assinou parcerias com as três maiores empresas do ramo.