Última hora

Última hora

Trump ameaça cortar ajuda a territórios palestinianos

Em leitura:

Trump ameaça cortar ajuda a territórios palestinianos

Trump ameaça cortar ajuda a territórios palestinianos
Tamanho do texto Aa Aa

Em 2017 Donald Trump chegou a reconhecer Jerusalém como a capital de Israel, mas começou o novo ano a gerar um novo foco de tensão. Em resposta à ameaça de Trump, de cortar a ajuda financeira à Autoridade Palestiniana, uma responsável da Organização para a Libertação da Palestina garantiu, entretanto, que a Cidade Santa não está à venda e que os palestinianos não vão ceder à chantagem do chefe de Estado.

Num tweet publicado esta terça-feira Trump disse que Washington "não tem recebido qualquer estima ou respeito" a troco da ajuda externa. Criticou igualmente a recusa da Autoridade Palestiniana em participar no processo de paz no Médio Oriente.

As polémicas decisões de Donald Trump - de declarar Jerusalém como capital de Israel e de anunciar que vai mudar a embaixada norte-americana de Telavive para a cidade - levaram o líder Mahmoud Abbas a dizer que os Estados Unidos já não são neutros e que por essa razão não estão aptos a mediar as negociações com o Estado hebraico.