Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

UE chamada a partilhar peso do fluxo migratório

UE chamada a partilhar peso do fluxo migratório
Tamanho do texto Aa Aa

A questão migratória foi um dos pratos fortes da IV Cimeira dos Países do sul da União Europeia (UE), que decorreu em Roma.

Chipre, Espanha, França, Grécia, Itália, Malta e Portugal falaram a uma só voz para pedir que o peso dos fluxos de migrantes seja repartido a nível comunitário.

Rumo à cimeira europeia de março, em Bruxelas, a declaração final do encontro desta quarta-feira na capital italiana refere que "a gestão dos fluxos migratórios será um desafio fundamental para a UE nos próximos anos."

A União Económica e Monetária, o crescimento e os investimentos em 2018 também estiveram em cima da mesa.

Na conferência de imprensa conjunta, o primeiro-ministro português disse que a Zona Euro só terá estabilidade duradoura com maior convergência.

A par de António Costa, no encontro estiveram presentes os primeiros-ministros de Itália, Paolo Gentiloni, de Malta, Joseph Muscat e da Grécia, Alexis Tsipras, bem como o Presidente do Governo de Espanha, Mariano Rajoy, e os Presidentes de França, Emmanuel Macron, e de Chipre, Nicos Anastasiades.