Acordo sobre Puigdemont para chefe de Governo

Acordo sobre Puigdemont para chefe de Governo
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Juntos Pela Catalunha e Esquerda Republicana também alcançaram um entendimento para propor o nome de Roger Torrent como Presidente do Parlamento catalão

PUBLICIDADE

Milhares de defensores da independência da Catalunha manifestaram-se esta terça-feira contra a prisão de Jordi Sànchez, líder da Assembleia Nacional Catalã, e de Jordi Cuixart, do sindicato Òmnium Cultural.

Acusados de "sedição", os líderes separatistas encontram-se presos há três meses.

O protesto aconteceu na véspera da primeira sessão do Parlamento regional da Catalunha, esta quarta-feira.

Carles Puigdemont, no exílio em Bruxelas, será o nome proposto para chefe do Governo pelo Juntos pela Catalunha e pela Esquerda Republicana. As formações independentistas também chegaram a acordo para propor Roger Torrent como presidente do Parlamento, mas para os republicanos o acordo sobre Puigdemont não representa "um cheque em branco" sobre a investidura à distância.

Na investidura de hoje dos novos parlamentares deverá votar-se a composição da nova mesa do Parlamento. Inicia-se depois um prazo de dez dias úteis até ao primeiro debate da investidura do presidente da Generalitat.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Apoio da UE na questão catalã

Amnistia de Sánchez leva mihares de pessoas em protesto às ruas de Madrid

Protestos em Madrid contra a amnistia aos independentistas catalães