EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Áustria quer processar Comissão Europeia

Áustria quer processar Comissão Europeia
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Áustria quer processar a Comissão Europeia por apoiar a expansão da central nuclear de Paks, na Húngria. Viena alega que a energia nuclear não contribui para o combate às alterações climáticas e, portanto, não é do interesse comum europeu.

PUBLICIDADE

A Áustria anunciou esta segunda-feira a intenção de processar a Comissão Europeia por permitir à Hungria a expansão da central de energia nuclear de Paks.

A argumentação passa por a energia nuclear não representar um modo de combate às alterações climáticas e, portanto, como não sendo do interesse comum da Europa.

A Áustria partilha uma fronteira com a Hungria e orgulha-se de defender energia limpa, não tendo nenhuma central nuclear própria.

Os reguladores da União Europeia aprovaram em março o plano húngaro de construção de dois novos reatores na central nuclear de Paks com a ajuda da russa Rosatom, afirmando que as autoridades húngaras tinham concordado com várias medidas para assegurar concorrência leal.

Os dois novos reatores duplicam a capacidade atual da central, de 2 mil megawatts. O início da construção está previsto para este ano; o prazo para entrar com o processo no Tribunal Europeu de Justiça acaba a 25 de fevereiro.

A Áustria processou já a Comissão em 2015, a propósito do plano britânico de desenvolvimento da central nuclear de Hinkley Point, que deverá ser feito por uma empresa francesa em parceria com uma outra, chinesa.  

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Comissão Europeia multa transportadoras de automóveis em 546 milhões de euros

Na Hungria, uma nova oposição liderada por Péter Magyar desafia Viktor Orbán

Ataque contra Robert Fico ameaça aprofundar a divisão política na Eslováquia