Última hora

Última hora

Crimeia: aprender sobre minas e bombas na escola

Em leitura:

Crimeia: aprender sobre minas e bombas na escola

Crimeia: aprender sobre minas e bombas na escola
Tamanho do texto Aa Aa

Na Crimeia, cerca de uma centena de crianças teve a oportunidade pouco convencional de aprender a implementar e desativar minas terrestres.

O 68º Regimento de Engenharia militar russo organizou uma aula prática para as crianças, a mais nova das quais com 12 anos.

O Tenente-Coronel Evgeny Muslenko, do 68º Regimento, explica os motivos da ação na escola: "Antes de mais queriamos atrair o interesse dos estudantes do 10º e 11º anos (os últimos do secundário) para que pudessem juntar-se aos regimentos de engenharia contratualmente, mais tarde."

Parece, contudo, terem sido os mais novos a gostar mais do curso sobre o básico da profissão. 

Várias crianças expressaram o interesse em aprender a desmontar armas, o sonho de vir a ser desativador de minas e o interesse em bombas artesanais e, também, a noção de que são conhecimentos muito úteis na vida. 

O convite para assistir ao curso básico e intensivo estendeu-se aos pais, que também compareceram.

A sessão de aproximação dos estudantes à carreira militar no regimento de engenharia focou ainda o uso de coletes suicidas e bombas disfarçadas feitas artesanalmente.