EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Venezuela rejeita novas sanções da União Europeia,

Venezuela rejeita novas sanções da União Europeia,
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Com estas medidas, a União Europeia espera incentivar o diálogo e as negociações entre governo e oposição.

PUBLICIDADE

A Venezuela rejeita as novas sanções impostas pela União Europeia, afirmando que são indignas e ilegais.Esta segunda-feira, os líderes europeus anunciaram medidas restritivas contra sete altos funcionários do Governo do Nicolás Maduro, por alegadas violações dos direitos humanos. 

Entre eles está Maikel Jose Moreno, o presidente do Supremo Tribunal de Justiça.

**“As afirmações destas autoridades da União europeia, que reforçam a ideia de que as sanções promovem as conversações entre governo e oposição, não têm qualquer lógica. Não são mais do que uma mentira política, com o único propósito de violar as instituições venezuelanas”. **

Com estas medidas, a União Europeia espera incentivar o diálogo e as negociações, com vista a uma solução para o clima de violência e protestos que domina há vários meses o país. 

As sanções incluem a proibição de viajar para os países do bloco e o congelamento de bens. 

Partilhe esta notíciaComentários