Última hora

Última hora

Putin questiona utilidade da "lista negra"

Em leitura:

Putin questiona utilidade da "lista negra"

Putin questiona utilidade da "lista negra"
Tamanho do texto Aa Aa

O chefe de Estado russo critica a chamada "lista Putin" divulgada pelos Estados Unidos e questiona a utilidade do documento.

"Cidadãos anónimos, trabalhadores e todo um conjunto de indústrias estão na retaguarda destas empresas. Por isso, na prática 146 milhões de pessoas foram postas nesta lista. Não entendo qual é o objetivo de tudo isto" afirma.

De olhos postos nas presidenciais e perante uma plateia de apoiantes, em Moscovo, Vladimir Putin adotou um discurso apaziguador.

"Não temos qualquer interesse em acabar com as relações com os Estados Unidos, bem pelo contrário, queremos desenvolvê-las e acredito que este é um interesse partilhado pelos cidadãos russos e pelos norte-americanos. Afinal de contas, penso que todos se sentem aliviados se virem que as duas maiores potências nucleares estão a desenvolver as relações com base no respeito mútuo" acrescenta Putin.