A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Protesto contra Erdogan termina com duas detenções

Protesto contra Erdogan termina com duas detenções
Direitos de autor
REUTERS/Alessandro Bianchi
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de 150 pessoas responderam ao apelo da comunidade curda italiana, num protesto a curta distância da praça de São Pedro contra a visita de Erdogan ao Vaticano e para contestar a operação turca em Afrine.

Um manifestante diz que "a situação em Afrine é muito má e não há uma voz forte para ajudar o povo. Estão a matar mulheres e crianças".

Mais de 3500 elementos das forças de segurança foram destacados para impedir manifestações no Vaticano e numa grande parte do centro de Roma.

O protesto, não autorizado, junto ao Castelo de Santo Ângelo, na margem do rio Tibre, degenerou em confrontos com as autoridades que se saldaram em pelo menos duas detenções.