EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Trump sanciona memorando Democrata

Trump sanciona memorando Democrata
Direitos de autor 
De  Nara Madeira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O presidente Trump permitiu a publicação de um memorando Republicano mas considera o dos Democratas "sensível".

PUBLICIDADE

Donald Trump bloqueou, invocando razões de "segurança nacional", a divulgação de um documento redigido pela Casa dos Representantes Democratas no qual se refutam as acusações de abuso de poder do FBI e do Departamento de Justiça no que diz respeito à alegada interferência da Rússia nas presidenciais de 2016.

Numa mensagem enviada ao presidente da Comissão de Serviços Secretos da Câmara dos Representantes, Don McGahn, conselheiro jurídico da Casa Branca, justifica a decisão do chefe de Estado norte-americano dizendo que o memorando dos democratas "contém muitas passagens classificadas como secretas e particularmente sensíveis".

Os democratas exigiram que o documento fosse tornado público depois dos republicanos terem divulgado um outro, com o aval da Casa Branca, que levou Trump a dizer que este prova que "não houve conluio nem obstrução" à investigação judicial, nesta matéria.

A decisão de permitir a publicação do texto republicano aconteceu contrariando as advertências do FBI e do Departamento de Justiça. O documento, baseado em informação secreta, concluiu que o FBI abusou dos seus poderes na investigação à alegada interferência da Rússia nas presidenciais.  

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Robert de Niro chama "palhaço" a Donald Trump à porta do tribunal

Biden apela à libertação de jornalistas no jantar dos correspondentes de imprensa

Mike Pence: "A maioria dos norte-americanos acredita no nosso papel de líderes do mundo livre"