Última hora

Última hora

O peso da coligação de Berlusconi nas eleições italianas

Em leitura:

O peso da coligação de Berlusconi nas eleições italianas

O peso da coligação de Berlusconi nas eleições italianas
Tamanho do texto Aa Aa

Em Itália, o Movimento 5 Estrelas é o partido mais votado com 31%, mas de acordo com os resultados parciais divulgados na manhã desta segunda-feira, a coligação composta pelo Força Itália, de Silvio Berlusconi, a Liga e o partido Irmãos de Itália reúne cerca de 37% dos votos.

"O centro-direita venceu ao concentrar-se na segurança, nos impostos, na exigência de ter uma política económica diversa e uma nova relação com a União Europeia", disse o conselheiro económico do Força Itália, Renato Brunetta.

No seio da coligação é a Liga, de Matteo Salvini, que lidera a corrida eleitoral. Motivos mais do que suficientes para a formação de tendência eurocética e anti-imigração comemorar.

"Agora vamos falar com os nossos aliados. Já temos ideias sobre o que fazer. É um resultado histórico para a Liga. Temos votos de norte a sul. Julgo o desafio de Matteo Salvini foi vencido", sublinhou o vice-secretário da Liga, Giancarlo Giorgetti.

O acordo entre Berlusconi e Matteo Salvini, líder da antiga Liga Norte, agora Liga, define que o primeiro-ministro será escolhido pelo partido mais votado. Salvini poderá vir a estar em posição de ocupar o lugar.

A contagem dos votos prossegue, mas para já o grande vencedor das eleições em Itália é o voto antissistema.

Marta Brambilla Pisoni, Euronews - Começou uma nova era, pelo menos de acordo com a Liga, que nunca tinha atingido semelhantes resultados e que lutará contra os grandes poderes como foi prometido durante a campanha eleitoral.