EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Estados Unidos impõem sanções a 19 cidadãos russos

'tweet' do Departamento do Tesouro norte-americano
'tweet' do Departamento do Tesouro norte-americano
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Em causa está a interferência nas eleições presidenciais de 2016 que culminaram com a vitória de Donald Trump.

PUBLICIDADE

Os Estados Unidos impuseram novas sanções contra dezanove russos incluindo elementos dos serviços secretos militares (GRU).

O Departamento do Tesouro norte-americano acusa os russos de ataques informáticos com intuitos destrutivos assim como interferência nas eleições de 2016.

Entre as entidades visadas pelas sanções conta-se a Agência de Pesquisa da Internet, com sede em São Petersburgo, uma entidade acusada de organizar uma campanha 'online' de desinformação com vista a influenciar os resultados eleitorais norte-americanos.

As sanções abrangem Evgeny Prigozhin, um oligarca e aliado do presidente Putin suspeito de dirigir a agência durante o período em causa.

As sanções preveem o congelamento de bens nos Estados Unidos detidos pelos indivíduos abrangidos proibindo quaisquer negócios envolvendo entidades ou indivíduos norte-americanos.

As sanções anunciadas esta quinta-feira têm lugar mais de 16 meses após as eleições presidenciais nos Estados Unidos e mais de um ano após os serviços secretos terem concluído que o país havia sido alvo de ataque por parte de piratas inform´aticos russos.

João Ferreira

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Investigação sobre interferência russa na eleição de Trump sem conclusões

Ex-chefe da Cia denuncia interferência "descarada" da Rússia

EUA: Procurador-geral Jeff Sessions recusa ser investigado sobre interferência russa nas Presidenciais