Londres: "O Kremlin está a rasgar as regras internacionais"

Londres: "O Kremlin está a rasgar as regras internacionais"
Direitos de autor REUTERS/Toby Melville
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A primeira-ministra e o ministro da Defesa britânicos proferem palavras duras contra a Rússia

PUBLICIDADE

Pela primeira vez em Salisbury. A primeira-ministra britânica visitou os locais onde o antigo espião duplo russo, Serguei Skripal, a filha e um agente da polícia foram envenenados com o que Londres diz ser um agente químico de fabrico russo.

"Como sabem eu anunciei no parlamento que estávamos a agir. Nós consideramos a Rússia responsável por este ato vergonhoso e desprezível que aconteceu nas ruas desta cidade incrível", explicou Theresa May durante a sua visita.

Theresa May não tem dúvidas de que Kremlin está de alguma forma envolvido. Aliás, a convicção insere-se num padrão de comportamento hostil por parte de Moscovo, afirma o ministro da Defesa Britânico. "O que é também óbvio é que o Kremlin está a rasgar o livre das regras internacionais e usa as suas capacidades hibridas para subverter, minar e influenciar países em todo o mundo. Entretanto, a Rússia usa também de uma forma traiçoeira os seus operativos para interferir nos processos políticos de outras nações", declarou Gavin Williamson.

Aguarda-se a reação dos russos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"A Rússia não teme nada", diz Chizhov sobre sanções no caso Skripal

Julian Assange inicia última batalha legal no Reino Unido para evitar a extradição para os EUA

Bulgária proíbe entrada na UE a dois russos acusados de espionagem