EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Klopp surpreendido com vitória, Guardiola mantém crença no City

Klopp surpreendido com vitória, Guardiola mantém crença no City
Direitos de autor REUTERS/Andrew Yates TPX IMAGES OF THE DAY
Direitos de autor REUTERS/Andrew Yates TPX IMAGES OF THE DAY
De  João Paulo Godinho
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O triunfo do Liverpool sobre o Manchester City, por 3-0, deixa os 'reds' bem colocados para se apurarem para os semifinalistas da 'Champions'.

PUBLICIDADE

O Liverpool já vê as meias-finais da Liga dos Campeões mais perto, depois da vitória sobre o Manchester City na primeira mão dos quartos de final. Mohamed Salah, Alex Oxlade-Chamberlain e Sadio Mané anotaram os golos em mais uma noite de glória em Anfield Road.

Os três golos em apenas 31 minutos e um resultado para lá das melhores expectativas deixou o treinador dos 'reds', Jurgen Klopp, muito satisfeito. "Nunca esperei uma exibição perfeita, esperava apenas que fôssemos um competidor sério e conseguimos sê-lo. Agora estamos a ganhar 3-0, que é indiscutivelmente melhor do que estar a perder por três, mas nada está decidido."

Inicialmente apontado como favorito, o City, de Pep Guardiola, que caminha tranquilamente para a conquista do título em Inglaterra, não atira ainda a toalha ao chão na discussão desta eliminatória.

"Penso que não há ninguém nesta sala, exceto o tipo que está a falar contigo, que acredita que nós vamos passar. Amanhã, vamos tentar convencer-nos a nós mesmos para voltar a tentar novamente dentro de seis dias. Há mais 90 minutos e vamos lutar", frisou.

No outro duelo da noite, o Barcelona confirmou no Campo Nou o favoritismo diante da Roma, ao golear os italianos por 4-1. Apesar do desaire, o treinador dos romanos, Eusebio Di Francesco, deixou também algumas críticas à arbitragem.

"O Barcelona é uma grande equipa, mas acho que o árbitro ajudou um pouco o Barça, principalmente nas decisões que determinaram o resultado. Eles são fortes e nós cometemos erros individuais, facilitámos-lhes as coisas e não se poder fazer isso contra o Barcelona", explicou.

Os jogos da segunda mão, a decorrerem em Manchester e Roma, realizam-se no próximo dia 10.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Real Madrid recebe Mbappé com um grande espetáculo no Bernabéu

Berlim vibra com a vitória da Espanha sobre Inglaterra por 2-1 na final do Euro 2024

Euforia toma conta das ruas de Madrid após a vitória de Espanha no Euro 2024