This content is not available in your region

Luanda confirma que recuperou 500 milhões de dólares

Access to the comments Comentários
De  Nara Madeira  com Lusa
Luanda confirma que recuperou 500 milhões de dólares
Direitos de autor  REUTERS/Mike Hutchings/File Photo

O Ministério das Finanças de Angola confirmou ter recuperado 500 milhões de dólares, pouco mais de 400 milhões de euros, transferidos para uma conta bancária em Londres.

O dinheiro foi entregue pelas autoridades britânicas, que se tinham comprometido a fazê-lo, ao Banco Nacional de Angola. A operação, alegadamente, ilícita envolve José Filomeno dos Santos, filho do ex-Presidente angolano, José Eduardo dos Santos.

"Desde já, por intermédio do Ministério das Finanças, o Executivo angolano agradece às autoridades britânicas e a todos aqueles que de alguma forma contribuíram para a recuperação destes recursos, que são de todos os angolanos, que neste momento difícil muita falta fazem à economia do país", lê-se no comunicado divulgado pelo referido ministério.

A transferência está a ser investigada pelas autoridades angolanas e britânicas. José Filomeno dos Santos, filho do ex-chefe de Estado, José Eduardo dos Santos, e o ex-governador do BNA foram já constituídos arguidos por Luanda.

"Entretanto, na atual fase, as autoridades angolanas mantêm-se empenhadas na recuperação da totalidade dos valores pagos, no âmbito da estruturação da referida operação financeira, nomeadamente, a recuperação de 24,85 milhões de Euros, indevidamente transferida para a conta da empresa Mais Financial Services, resultante de uma prestação de serviços não realizada", lê-se no documento publicado na página de internet do ministério das Finanças angolano.

O processo "continua a correr os seus trâmites na Procuradoria Geral da República que face à gravidade dos factos e no quadro das suas competências atuará em conformidade com a Lei", esclarece-se no comunicado.