Dois mortos em Gaza na terceira semana de protestos

Dois mortos em Gaza na terceira semana de protestos
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Sobe para mais de 30 o número de vítimas mortais no protesto que dura já há 4 sextas-feiras na fronteira de Gaza com a Palestina.

PUBLICIDADE

Dois mortos e cerca de quarenta feridos é o balanço dos confrontos desta sexta-feira na fronteira de Gaza com Israel.

Sobe assim para pelo menos 33 o número de palestinianos mortos e cerca de 80 feridos naquela que é a quarta sexta-feira consecutiva da campanha de protesto a que chamaram a "Grande Marcha do Regresso" e que deverá culminar a 15 de maio, quando se assinala o dia da Nakba, que significa catástrofe. Marca a perda da terra natal dos palestinianos e a origem de Israel, em 1948.

O uso de fogo por parte dos israelitas tem levantado críticas internacionais, mas Israel responde com a necessidade de proteção de fronteiras e reação aos avanços palestinianos. Acusa o Hamas, o grupo islamista que governa Gaza, de encenar motins e tentar levar ataques a cabo.

Apesar de o protesto palestiniano ter motivação pacífica, os manifestantes de Gaza têm atirado pedras, incendiado pneus e lançado papagaios de papel com liquído inflamável que passam para lá da fronteira e originam incêndios.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Um morto e oito feridos em ataque a base militar iraquiana

Ativistas organizam "Flotilha da Liberdade" para levar ajuda alimentar até Gaza

Centrais nucleares iranianas não foram danificadas após alegado ataque israelita