This content is not available in your region

Kim, Moon e a "diplomacia da sopa fria"

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira
euronews_icons_loading
Kim, Moon e a "diplomacia da sopa fria"

Começa uma nova história, neste ponto de partida histórico para uma era de paz. Foram essas as palavras escritas por Kim Jong-un no livro de visitas, durante o encontro com o presidente da Coreia do Sul Moon Jae-in. De ameaça mundial a interlocutor para a paz, o líder norte-coreano está a mudar a imagem e até levou com ele o cozinheiro de um famoso restaurante de Pyongyang.

"Foi difícil, mas trouxemos a sopa de massa fria de Pyongyang. Trouxémos este prato de longe. Enfim, talvez não de tão longe. Espero que apreciem, depois da longa viagem que fez", disse Kim.

Perante Kim e a irmã, Kim Yo-jong, que tinha já dado nas vistas nos Jogos Olímpicos de Inverno, o líder sul-coreano falou de esperanças de paz e conciliação: "Espero que tenhamos uma conversa tendo em mente bons resultados e que consigamos um acordo, para podermos dar um presente aos cidadãos dos nossos países e às pessoas de todo o mundo que querem a paz", disse Moon.