Última hora

Última hora

Grupo "motard" russo Lobos da Noite faz tremer Praga

Em leitura:

Grupo "motard" russo Lobos da Noite faz tremer Praga

Líder da digressão dos Lobos da Noite explicou motivo da viagem à Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

O grupo "motard" da Rússia Night Wolves ou, em português, os Lobos da Noite, chegou esta segunda-feira à capital da República Checa. A visita fez tremer Praga e alguns checos viram nesta visita uma mensagem propagandista de Vladimir Putin.

O grupo alega ter visitado a capital checa apenas para homenagear os soldados do Exército Vermelho que deram a vida para libertar a então Checoslováquia do domínio nazi na II Guerra Mundial.

À Euronews, o líder desta digressão dos Lobos da Noite disse que "Praga sempre foi um local difícil" para o grupo.

"É de certa forma um centro de resistência. Resistência ao bem e à razão. Somos mal interpretados, mas ainda assim somos também bem recebidos por muitos", contou-nos Andrei Bobrovsky.

Os Lobos da Noite estiveram no cemitério de Olsany, o maior de Praga, onde foram recebidos por apoiantes, mas também por opositores à sua visita.

Houve confrontos e pelo menos duas pessoas foram detidas pelas autoridades.

Uma testemunha disse à Euronews que, "sentados em motos americanas", esta não passava de "uma provocação" do grupo russo e "uma manifestação de apoio a Putin."

Uma jovem mulher alegou que esta era "uma tentativa de demonstrar" aos checos "a grandeza da Rússia e que ela está cada vez mais próxima", como uma ameaça de repetir o que terá sido feito na Crimeia, onde o grupo "motard" ter sido instrumental na anexação da península ucraniana.

Com o líder do grupo, Alexander "o cirurgião" Zaldostanov, em Moscovo, entre os convidados para a tomada de posse de Vladimir Putin, os "motards" insistiram na visita pacífica a Praga.

"É apenas para recordar os acontecimentos de há 70 anos e homenagear os jovens que morreram para libertar a Europa", reiterou Robin, um dos membros dos Lobos da Noite.

A acompanhar esta "ruidosa" visita esteve o correspondente da Euronews em Praga, o jornalista italiano Luca Rovinalti, que nos conta, a terminar, que a digressão dos Lobos da Noite vai prosseguir para ocidente, com destino traçado para Berlim, na Alemanha.