EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Academia dos Óscares vai ser processada por Polanski

Academia dos Óscares vai ser processada por Polanski
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O cineasta polaco, Roman Polanski, vai processar a Academia dos Óscares depois de ter sido expulso sem lhe darem a oportunidade de se defender.

PUBLICIDADE

O cineasta polaco, Roman Polanski, vai processar a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos depois de ter sido expulso sem lhe darem a oportunidade de se defender.

O realizador vencedor de um Óscar, em 2003, pelo filme "O Pianista", foi expulso no passado dia 3 de maio na sequência dos recentes escândalos relacionados com abusos e assédio sexual no país.

O caso de Polanski remonta a 1977, altura em que foi condenado pela violação de Samantha Geimer, uma menor de 13 anos. O cineasta exilou-se em França sem nunca cumprir pena de prisão.

Na carta enviada à direção da Academia, o advogado de Polanski acusa a entidade de não respeitar o próprio código de conduta e de infrigir a legislação da Califórnia.

Polanski, de 84 anos, que qualificou o movimento #Metoo de "histeria coletiva" e de "hipocrisia", diz que a decisão é ilegal por não ter sido ouvido de maneira justa.

Na mesma semana, foi também expulso o ator Bill Cosby, recentemente condenado de abusos sexuais.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Academia de Hollywood expulsa Cosby e Polanski

Polanski: Crimes sexuais e a ira de feministas

Justiça norte-americana não perdoa Polanski