EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Encontrada caixa negra do avião que se despenhou em Havana

Encontrada caixa negra do avião que se despenhou em Havana
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Boeing 737 alugado pela Cubana de Aviación à companhia mexicana Global Air despenhou-se pouco depois de ter levantado voo, numa zona de cultivo a um quilómetro do Aeroporto Internacional José Martí de Havana.

PUBLICIDADE

Cuba procura explicações para o pior acidente de aviação no país nos últimos 30 anos. Uma das caixas negras do avião que caiu na sexta-feira em Havana foi recuperada “em boas condições”. A informação foi avançada pelo Ministério dos Transportes de Cuba.

O Boeing 737 alugado pela Cubana de Aviación à companhia mexicana Global Air despenhou-se pouco depois de ter levantado voo, numa zona de cultivo a um quilómetro do Aeroporto Internacional José Martí de Havana. 110 pessoas morreram neste acidente. Outras três sobreviveram mas com ferimentos graves, por isso o prognóstico é reservado.

Entre as vítimas mortais, onze eram estrangeiros: sete mexicanos (seis elementos da tripulação e um turista), dois argentinos (um casal de turistas) e dois cidadãos da região do deserto do Saara, residentes em Cuba.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Um morto em acidente com bimotor no norte de São Paulo

Rússia envia submarino nuclear para Cuba para reavivar diplomacia naval

ONU vota contra embargo norte-americano a Cuba