Última hora

Última hora

Gregos ansiosos com futuro da economia

Em leitura:

Gregos ansiosos com futuro da economia

Gregos ansiosos com futuro da economia
@ Copyright :
REUTERS/Costas Baltas
Tamanho do texto Aa Aa

O Eurogrupo anunciou o fim, com êxito, do programa de assistência à Grécia colocando término a oito anos de resgates a Atenas.

O presidente do Eurogrupo, o português Mário Centeno, frisou que o país conseguiu dar a volta à economia e "reconquistar a sua autonomia".

Nas ruas, os gregos estão expectantes e ansiosos em relação do futuro.

"Não creio que a crise tenha acabado. A crise ainda está aqui (...) Tivemos apenas uma "extensão de vida", diz um grego.

Outro afirma que "a economia é como um círculo. Passámos por um período muito duro (...) Agora, penso que o mais importante é que a nossa economia volte a um círculo virtuoso."

A Grécia vai continuar sobre forte escrutínio por parte dos credores internacionais que querem garantias de que vão continuar as reformas, que permitiram recuperar a estabilidade orçamental e financeira do país, o que leva os analistas a manterem a cautela."Não devemos pensar que esses desenvolvimentos irão pintar a realidade com cores diferentes a partir de agora, criando um ambiente muito mais colorido. Por outro lado, estas etapas são positivas", afirmou o professor de Finanças, Panagiotis Petrakis.

O jornalista da euronews, Akis Tatsis, relata: "Em fevereiro de 2010, o então Comissário europeu para Assuntos Financeiros, Olli Rhen, havia declarado, após as primeiras medidas terem sido implementadas, que "os gregos precisavam de coragem". Em junho de 2018, após o término da reunião do Eurogrupo, o seu sucessor, Pierre Moscovici, afirmou que "a crise grega acabou no Luxemburgo", mas todos as partes admitem que é necessário um esforço contínuo para que a economia real se recupere."