Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Encontro para o diálogo económico UE-China em Pequim

Encontro para o diálogo económico UE-China em Pequim
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O sétimo encontro para o diálogo económico e para o comércio entre a China e União Europeia teve lugar em Pequim. Na agenda do vice-presidente da Comissão, Jyirki Kaitanen, as mais recentes trasnformações no mercado global, o investimento em ambas regiões e a inovação para o desenvolvimento.

Liu He, vice-primeiro-ministro chinês, explicou aos jornalistas que ambas as partes concordaram em intensificar a cooperação financeira, em resolver os problemas ligados ao acesso aos mercados e liberalizar o acesso ao investimento.

"Concordámos também em criar um sistema fiscal mais flexível. A China espera que a União Europeia alivie as restrições às exportações chinesas e a China fará o mesmo"

Jyrki Kaitanen, vice-presidente da Comissão Europeia não se esqueceu da guerra comercial entre Estados Unidos e o resto do mundo.

Os representantes europeu e chinês abordaram a situação do setor, depois do presidente Donald Trump ter anunciado o aumento das tarifas sobre as importações de ferro e aço de países como o Canadá, México e Estados membros da União Europeia:

"Convidei o vice-primeiro-ministro a ajudar-me no que diz respeito ao apoio ao Forum Global do Aço. É importante que enfrentemos juntos o poblema da produção em setores como o aço e o alumínio."

O primeiro-ministro francês ´Edouard Philippe deslocou-se também à China, onde se encontrou com o presidente Xi Jinping.

Edouard Philippe abordou com o líder chinês as oportunidades de negócio existentes na maior economia asiática.

O primeiro-ministro francês visitou uma linha de montagem de uma construtora de automóveis francesa e esteve em Shangai e Shenzen.