Última hora

Última hora

China vai reduzir tarifas sobre importação de automóveis de 25% para 15%

Em leitura:

China vai reduzir tarifas sobre importação de automóveis de 25% para 15%

China vai reduzir tarifas sobre importação de automóveis de 25% para 15%
Tamanho do texto Aa Aa

A China vai reduzir as tarifas sobre a importação de automóveis de 25% para 15%. Anunciou, esta terça-feira, o Ministério das Finanças chinês. A medida entrará em vigor dia 1 de julho.

A categoria veículos e materiais de transporte ocupa a maior parcela nas exportações portuguesas para a China. Em 2017, representou 34,2% das exportações, somando um total de 288 milhões de euros, sobretudo devido às vendas de veículos fabricados pela Autoeuropa, a unidade da Volkswagen em Setúbal, que até 2014 contribuía para mais de metade das exportações portuguesas para o país asiático.

A redução das tarifas é conhecida poucos dias depois de Pequim se ter comprometido a "aumentar significativamente" as suas compras de produtos norte-americanos e de Donald Trump ter anunciado a "suspensão temporária" da guerra comercial com Pequim, enquanto os dois países procuram um acordo mais vasto.

A taxa alfandegária de 25% na importação de automóveis era um ponto de discórdia entre os presidentes das maiores potências do mundo. Trump exige tarifas chinesas equivalentes às praticadas pelos EUA.

A China é o maior mercado automóvel do mundo, com 24,72 milhões de unidades vendidas no país, em 2018.