Última hora

Última hora

Quatro manifestantes mortos na Nicarágua

Em leitura:

Quatro manifestantes mortos na Nicarágua

Quatro manifestantes mortos na Nicarágua
Tamanho do texto Aa Aa

Quatro pessoas morreram na cidade de Leon, na Nicarágua, depois das autoridades terem interrompido um protesto contra o governo de Daniel Ortega.

De acordo com os media locais, forças leais ao Presidente entraram na cidade para remover as barricadas colocadas nas ruas pelos manifestantes. Grupos humanitários dão conta de mais de 20 feridos e mais de uma dezena de pessoas detidas.

Outras testemunhas falam em explosões e disparos: "Um forte dispositivo da polícia entrou em Sutiava. Compreendo que a intenção foi remover as barricadas e foi isso que fizeram. Na altura ouvimos explosões, disparos naquela área. Umas horas depois percebemos que tinham matado e ferido pessoas", diz Victor Moragas, padre.

Há cerca de dois meses que, na Nicarágua, ocorre a crise mais sangrenta desde o fim da Guerra Civil, nos anos 80.

Na origem dos protestos anti-gove rnamentais está a reforma da Segurança Social.

Desde abril, que o país assiste a uma onda de violência. A repressão já fez mais de 200 mortos.