A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Trabalhadores europeus da Amazon em greve

Trabalhadores europeus da Amazon em greve
Direitos de autor
REUTERS/Toby Melville
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Trabalhadores europeus da Amazon em greve até quarta-feira. A paralisação começou esta segunda-feira nos polos da empresa na Alemanha, Polónia e Espanha.

Os trabalhadores querem medidas de proteção à saúde no local de trabalho. Queixam-se de exaustão, com tarefas muito repetitivas e longas horas em pé.

O objetivo é obter uma convenção coletiva sobre as condições de trabalho para toda Europa.

A greve coincide com os 'Prime days' - os dias com descontos para clientes afiliados da Amazon.

Não há números globais da adesão. Em Espanha, de acordo com os sindicatos, entre 70 a 80 por cento dos 1100 trabalhadores não foram trabalhar.

Utilizadores do Twitter lançaram um apelo ao boicote à Amazon e em solidariedade com os trabalhadores em greve com a hashtag #BoicotAmazon.

A greve prolonga-se até esta quarta-feira.