A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Um encontro do G20 sem grandes conclusões em Buenos Aires

Um encontro do G20 sem grandes conclusões em Buenos Aires
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os ministros das Finanças do G20 e os governadores dos Bancos Centrais encontraram-se em Buenos Aires, Argentina, este fim de semana, num contexto de tensão entre a Administração Trump e vários países.

O encontro foi dominado pelas chamadas guerras comerciais. Depois da reunião, o Comissário Europeu para os Assuntos Económicos e Financeiros, Pierre Moscovici, mostrou-se cauteloso:

"Eu diria que o encontro não foi tenso e que todos os argumentos foram expostos e que estamos, pelo menos a ouvir-nos mutuamente. Espero que tenhamos dado início a um processo positivo. Ainda assim, temos posições diferentes."

O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, disse que Washington não defende nenhum tipo de protecionismo, mas sim um comércio mais livre e mais justo para todos:

"Como disse, o presidente Trump tem marcado um encontro com o presidente da Comissão Europeia esta semana e estamos ansiosos por isso. Penso que a mensagem foi muito clara. Há quem tente fazer disto um problema do protecionismo dos Estados Unidos, o que não é o caso. Trata-se da defesa do comércio livre da parte dos Estados Unidos."

Jean-Claude Juncker deverá encontrar-se com Trump na Casa Branca quarta-feira. Para já, não há fim à vista para a guerra económica.