Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

FMI tem dúvidas sobre a viabilidade da dívida grega

FMI tem dúvidas sobre a viabilidade da dívida grega
Tamanho do texto Aa Aa

O Fundo Monetário Internacional (FMI) tem dúvidas quanto à viabilidade da dívida grega a longo prazo.

A economia da Grécia saiu da recessão em 2017 e deve crescer, segundo o FMI, 2% este ano e mais quatro décimas em 2019, mas a instituição liderada por Christine Lagarde diz que os riscos de uma deterioração são significativos. No exame anual da economia do país, publicado esta terça-feira, o Fundo refere riscos como o agravamento das condições financeiras, o calendário político interno e o risco de uma "fadiga das reformas".

O Fundo considera que é "razoável" esperar um excedente orçamental primário de 1,5% do PIB a longo prazo, assim como um crescimento real da economia de 1% ao ano. Previsões que são bem menos otimistas do que as das instituições europeias que acreditam num excedente orçamental primário de 2,2% do PIB, em média, por ano, e num crescimento real do PIB de 3% anualmente.