Última hora

Última hora

Encontro de Nikolai Patrushev e John Bolton

Em leitura:

Encontro de Nikolai Patrushev e John Bolton

Encontro de Nikolai Patrushev e John Bolton
Tamanho do texto Aa Aa

De acordo com fontes oficiais russas, no seu encontro de cinco horas em Genebra o secretário geral do Conselho de Segurança da Rússia, Nikolai Patruchev, e o conselheiro de segurança nacional da Casa Branca, John Bolton, discutiram assuntos prioritários, incluíndo a não-proliferação de armas nucleares, tratados de redução de armas estratégicas, a situação na Ucrânia e a Síria.

Em Genebra, a União Europeia e a NATO estão também a tentar reatar os seus próprios diálogos com Moscovo, em particular relativamente ao acordo nuclear com o Irão. A Euronews perguntou ao embaixador da Rússia junto da União Europeia Vladimir Chizhov se este acordo tem mellhorers chances de sobreviver depois das conversações de Genebra.

"Depois da retirada dos EUA do acordo nuclear com o Irão, o acordo permanece ativo e todos os outros cinco membros, o Reino Unido, A França e Alemanha na Europa bem como A Rússia e a China, e o Irão reiteraram o seu compromisso de continuar no acordo," afirmou Vladimir Chizhov.

As conversações em Genebra ficaram marcadas pela recusa de Nikolai Patrushev de assinar a declaração conjunta devido à advertência que John Bolton incluíu na declaração contra a interferência da Rússia nas eleições de novembro nos Estados Unidos.

Depois da sua entrevista, Vladimir Chizhov emitiu um desmentido afirmando que nunca ocorreu qualquer interferência nas eleições dos Estados Unidos. O embaixador Vladimir Chizhov afirmou também que o caso do ataque contra o ex-agente russo Sergei Skripal e sua filha não se trata de um envenenamento.

Depois do encontro e das conversações, Bruxelas sente-se aleviada porque a reunião em Genebra foi o primeiro encontro a alto nível depois do encontro de Vladimir Putin e Donald Trump em Helsínquia no passado mês de Julho, enquanto Nikolai Patruchev e John Bolton acordaram também continuar o diálogo com os responsáveis diplomáticos sobre a defesa.