Última hora

Última hora

Iraquiana toma conta de 22 netos órfãos

Em leitura:

Iraquiana toma conta de 22 netos órfãos

Iraquiana toma conta de 22 netos órfãos
@ Copyright :
AFP
Tamanho do texto Aa Aa

A história de Sana Ibrahim é prova da resiliência dos iraquianos no pós-guerra.

Perdeu cinco dos 6 filhos na batalha contra o Daesh. Ficou com a vida dos netos - 22 netos - nas mãos. Em casa são 32 pessoas: dos 2 aos 71 anos de idade.

Sana Ibrahim diz que é "mãe de cinco mártires". Três dos filhos era membros das forças de segurança e terão morrido às mãos do Daesh. Uma filha e um outro filho foram mortos por snipers do exército iraquiano na batalha de reconquista da cidade. "Estamos a viver à mercê de Deus e com a ajuda de boas pessoas," confessa, acrescentando que tem dois desejos: recuperar os corpos dos filhos mortos e conseguir que as crianças estudem e tracem o seu destino - fora do fado da mendicidade para onde a maior parte das crianças parece atirada.

Para os mais pequenos, a normalidade e os sonhos recuperam-se na escola.

Não há estatísticas oficiais, mas as estimativas das organizações não governamentais apontam para a existência de 3 mil órfãos de guerra só em Mossul, no Iraque.