Putin alivia reforma das pensões

Putin alivia reforma das pensões
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O presidente russo sentiu a necessidade de fazer um discurso televisivo para anunciar um alívio na reforma das pensões, que tem afetado a sua popularidade. Afinal, as mulheres terão de trabalhar mais cinco anos e não oito para obterem a reforma.

PUBLICIDADE

O presidente russo sentiu a necessidade de fazer um discurso televisivo para anunciar um alívio na reforma das pensões, que tem afetado a sua popularidade. Afinal, as mulheres terão de trabalhar mais cinco anos e não oito para obterem a reforma.

"O principal objetivo deste projeto de lei é garantir estabilidade ao nosso sistema de pensões durante muitos anos, o que significa não só manter as mesmas taxas de reforma, mas também aumentá-las para atuais e futuros pensionistas. Para atingir estes objetivos, além de outras medidas, o projeto prevê um aumento gradual da idade de reforma", explicou Vladimir Putin.

O projeto de reforma das pensões foi aprovado em primeira leitura em julho na Duma, a câmara baixa do parlamento russo. A segunda leitura está agendada para 24 de setembro.

Se Putin decidiu aliviar as regras inicialmente previstas para as mulheres, para os homens mantêm-se. Terão de trabalhar mais cinco anos até aos 65 anos,

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mãe de Navalny já viu o corpo do filho e diz estar a ser pressionada para aceitar funeral "secreto"

Rússia proíbe atividade da Rádio Europa Livre/Rádio Liberdade

Avdiivka, cidade fantasma na região de Donetsk