Última hora

Última hora

Exclusivo: Hariri prefere lidar diretamente com Putin acerca do conflito sírio

Em leitura:

Exclusivo: Hariri prefere lidar diretamente com Putin acerca do conflito sírio

Exclusivo: Hariri prefere lidar diretamente com Putin acerca do conflito sírio
Tamanho do texto Aa Aa

Mais de três meses depois da recondução de Saad Hariri, o Líbano continua sem governo, com as negociações estagnadas entre os diferentes grupos políticos, com opiniões bastante divergentes nomeadamente acerca do conflito na vizinha Síria. A euronews entrevistou o primeiro-ministro libanês em Beirute.

Anelise Borges, euronews: "As forças da oposição praticamente capitularam na Síria. Há um último reduto na província de Idlib e há relatos de que está a ser planeada uma ofensiva massiva que pode precipitar o fim da guerra na Síria. Quais as implicações para o Líbano?"

Saad Hariri, primeiro-ministro do Líbano: "Penso que a Rússia expôs o seu ponto de vista e é a Rússia controla a Síria. Por isso lidaremos com os russos."

euronews: "Como é a sua relação com a Rússia?"

Hariri: "Muito boa. Perfeita. Tenho uma ótima relação com a Rússia e com o Presidente Vladimir Putin, que respeito bastante. Penso que é uma pessoa com a qual podemos trabalhar."

euronews: "Acredita que não terá de lidar com Bashar al-Assad?"

Hariri: "Prefiro lidar com o Presidente Putin."

O conflito sírio foi apenas um dos pontos abordados por Hariri na entrevista exclusiva concedida à euronews e que pode ser vista na integralidade a partir desta noite, em Global Conversation e na página web.

Anelise Borges, euronews: "Saad Hariri também falou sobre o que o levou a demitir-se no ano passado. A manobra criou ondas de choque na região. Disse que queria chocar, agitar as coisas no Líbano. Assegura que, pelo menos por agora, atingiu esse objetivo. As coisas p arecem regressar à normalidade. Mas Hariri ainda tem de formar Governo. Garante que trabalhará arduamente para garantir isso mesmo e implementar as reformas que o país necessita desesperadamente."