Última hora

Última hora

Maratona de Filmes Clássicos de Budapeste

Em leitura:

Maratona de Filmes Clássicos de Budapeste

Maratona de Filmes Clássicos de Budapeste
Tamanho do texto Aa Aa

Claudia Cardinale é uma das convidadas especiais da Segunda Maratona de Filmes Clássicos de Budapeste.

Na conferência de imprensa, a atriz italiana recordou momentos da sua carreira, mas falou também da sua responsabilidade social, como embaixadora da Boa Vontade da UNESCO: "Defendo as mulheres, mas também a luta da Amnistia Internacional contra a pena de morte. Apoio também o Fundo para as Crianças do Cambodja e não apoio só mulheres, mas também homens, homossexuais".

Uma versão restaurada do filme "Mephisto", digital e em 4K, foi apresentada no festival. Os autores da película reencontraram-se em Budapeste, onde recordaram o Óscar que ganharam em 1982, na categoria de melhor filme estrangeiro pela Hungria.

"Não esperávamos ganhar. Havia também um filme de Andrzej Wajda entre os nomeados. Foi uma completa surpresa. Senti-me esmagado", disse o realizador István Szabó.

O ator Klaus Maria Brandauer diz que o mais importante é ser um bom cidadão e erguer a voz contra o que estiver errado: "Era um filme europeu. A Europa é uma ideia fantástica e é necessário não perder esse sonho, que está em risco neste momento".

"A Praça de Santo Estevão, em frente à Basílica, transforma-se nestes dias no maior cinema ao ar livre da Hungria. Durante o festival, até sábado, todas as noites é possível ver clássicos, como 'Aconteceu no Oeste' e 'Vertigem Azul', conclui o correspondente da Euronews em Budapeste, Gábor Kiss.