Última hora

Última hora

Dia do Brasil festejado no Porto

Em leitura:

Dia do Brasil festejado no Porto

Dia do Brasil festejado no Porto
Tamanho do texto Aa Aa

A comunidade brasileira em Portugal não deixou passar em branco o Dia do Brasil. O coreto do Jardim do Passeio Alegre, no Porto, ganhou vida com aulas de forró e de funk.

Mas apesar de gostarem de fazer a festa, os imigrantes brasileiros em Portugal acompanham com tristeza a situação no seu país e não depositam esperanças nas eleições de outubro.

"Nesse momento não tenho nenhuma preferência. Muitos brasileiros não têm, mas é possível que ganhe uma pessoa que pode piorar muito a situação do país. A economia e a política estão muito fragilizadas. A corrupção está terrível no Brasil e a gente tem esperança de que isso mude, mas provavelmente não vai ser nos próximos quatro anos", lamenta Rodrigo Guimerà, recém-chegado a Portugal, depois de ter vivido três anos em Barcelona.

"Não vejo um candidato à altura de tirar o Brasil de onde ele está. O Brasil está numa crise muito ruim e a questão do Lula para mim além de ser triste, eu sinto vergonha, porque até um ex-presidente preso é algo que eu não desejaria para país nenhum. Ele não representaria, pelo menos para mim, a melhora para o Brasil", diz Aline Araújo, natural de Salvador, que se mudou para Portugal há dois anos, juntamente com o marido e o filho.

Além da música e da dança, os brasileiros mostraram o melhor da sua gastronomia aos muitos portugueses e turistas que se juntaram à festa. Houve feijoada, tapioca, açaí, brigadeiros e caipirinhas.