Última hora

Última hora

Um milhão nas ruas de Barcelona numa 'diada' pela independência

Em leitura:

Um milhão nas ruas de Barcelona numa 'diada' pela independência

Um milhão nas ruas de Barcelona numa 'diada' pela independência
Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos um milhão de pessoas participou na Diada, o dia da Catalunha, comemoração que tem servido, nos últimos anos, para reclamar a independência de uma das mais ricas comunidades autónomas espanholas.

Os números são da Polícia Municipal de Barcelona.

Durante as marchas, os participantes gritaram palavras de ordem pela independência, mas também pela libertação dos vários líderes políticos e sociais detidos em prisões espanholas, acusados de rebelião, sedição e desvio de fundos.

Pediram também que os líderes políticos que se encontram no estrangeiro, como Carles Puigdemont, antigo líder da Generalitat, o Governo regional da Catalunha, pudessem voltar para casa.

Se, para os manifestantes e independentistas, são exilados, para Madrid, não passam de fugitivos da Justiça espanhola.

Para as plataformas responsáveis pela organização da Diada deste ano, o evento marca "um ponto de partida" para outros protestos.

Para Madrid, o facto de que o Dia da Catalunha se tenha transformado numa manifestação pela independência mais não faz do que excluir metade da sociedade daquela comunidade autónoma.