Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

A paz em desfile na Bienal de Dança de Lyon

A paz em desfile na Bienal de Dança de Lyon
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A cidade de Lyon acolhe a 18ª edição da Bienal de Dança e este domingo realizou-se o tradicional desfile. Cerca de 250 mil pessoas encheram as ruas do segundo centro urbano de França para assistirem a um dos pontos altos do evento.

“É fantástico. Eu sou futebolista mas isto é melhor que uma partida de futebol. Há imensa gente, é extraordinário", afirma um dos dançarinos amadores, enquanto há quem recorde que “é o culminar de um ano de preparativos, com ensaios aos sábados à tarde".

A artista portuguesa Cláudia Dias participa na bienal que decorre até ao final do mês com o espetáculo "Terça-feira, tudo o que é sólido dissolve-se no ar". Uma coreografia que aborda as migrações.

Para um dos padrinhos da Bienal, o ex-futebolista francês Lilian Thuram, o tema deste desfile e da Bienal é "muito importante, nomeadamente hoje com o que se passa a nível político em França ou na Europa, fazermos coisas juntos. O facto de podermos desfilar dançando e de denunciarmos a descriminação e as problemáticas de exclusão, talvez seja uma forma de termos confiança no futuro. Creio que precisamos disso. »

“Depois das preocupações de segurança de 2016, este desfile regressa ao sítio onde pertence, o centro da cidade, e contou com a participação de cinco mil dançarinos locais. É um gesto altamente simbólico, tendo em consideração que o tema deste ano é a paz”, conclui a repórter da euronews, Andrea Bolitho.