Última hora

Última hora

Liga dos Campeões: Real Madrid cai em Moscovo, Juventus imparável

Em leitura:

Liga dos Campeões: Real Madrid cai em Moscovo, Juventus imparável

Nikola Vlašić assina o único golo do CSKA-Real Madrid
@ Copyright :
REUTERS/Sergei Karpukhin
Tamanho do texto Aa Aa

O campeão europeu Real Madrid sofreu a primeira derrota na presente edição da Liga dos Campeões, em que a Juventus se assume como a equipa mais consistente entre as principais favoritas ao triunfo final.

De visita a Moscovo, nesta segunda jornada, a antiga equipa de Cristiano Ronaldo foi penalizada por um erro defensivo de Tony Kroos logo aos dois minutos. Nikola Vlašić aproveitou e, ultrapassando o francês Rapahel Varane, bateu Keylor Navas.

Mal sabia o compatriota de Luka Modrić que estaria naquela altura a marcar o golo do triunfo sobre o Real Madrid, mas estava e foi inclusive o remate que vale ao CSKA a liderança do grupo.

Na outra partida, a AS Roma goleou em casa os checos do Viktoria Plzeň (5-0) e igualou os espanhóis no segundo lugar, mas com mais golos marcados.

No grupo H, a atual equipa de Cristiano Ronaldo não pôde contar com o português (castigado após o controverso cartão vermelho direto da primeira jornada em Valência), mas nem por isso foi menos eficaz.

Paulo Dybala foi a estrela da receção da Juventus aos suíços do Young Boys. O argentino fez de "matador" e marcou por três vezes. A Juventus lidera o grupo H, sem golos sofridos e com cinco marcados.

No outro jogo do grupo, o Manchester United, de José Mourinho, não foi além de um empate a zero em casa diante do Valência, de Gonçalo Guedes (titular) e Ruben Vez (banco). Os ingleses são segundos no grupo e na próxima jornada, a 23 de outubro, recebem Ronaldo de volta a Old Trafford.

No grupo F, o Manchester City já sabe o que é ganhar esta época. Depois da derrota em casa diante do Lyon, a equipa de Pep Guardiola deslocou-se esta terça-feira à Alemanha e venceu.

Os "citizens" começaram a perder com um golo de Ishak Belfodil. O argelino marcou ainda não estavam cumpridos 50 segundos de jogo.

Sergio Agüero empatou pouco depois, aos oito minutos, mas foi já perto do fim e com o português Bernardo Silva em campo, que o City chegou ao triunfo. Marcou David Silva.

No outro duelo do grupo, Paulo Fonseca continua a colecionar empates pelo Shakthar Donetsk. Desta vez, os ucranianos deslocaram-se a Lyon e, num jogo à porta fechada, até saíram na frente do marcador. Junior Moraes marcou à beira do intervalo e bisou aos 55 minutos.

A equipa de Anthony Lopes (titular) reagiu à desvantagem. Aos 70 minutos Dembelé reduziu e quase de imediato Leo Dubois empatou. A partilha de pontos vale a liderança do grupo aos franceses.

Na próxima jornada, o City visita o Shakthar e o Lyon desloca-se à Alemanha.

Por fim, no grupo E, o Benfica pôs finalmente fim a uma série negativa de oito derrotas consecutivas na fase de grupos da prova que já pesavam sobre o treinador Rui Vitória.

Um jogo do oitenta ao oito e de novo oitenta valeu às "águias" um importante triunfo em Atenas. Seferovic e Grimaldo colocaram o Benfica a vencer na primeira parte, mas o intervalo chegou já com Rúben Dias no duche, expulso com segundo amarelo após entrada dura sobre ponce.

Na segunda parte, o AEK partiu atrás do prejuízo e um bis de Klonaridis em 10 minutos (53 e 63') igualou o marcador, mas um diamante em lapidação no Seixal foi revelou-se o trunfo do jogo.

Resgatado este verão ao Moreirense a troco de €2 milhões, Alfa Semedo, de 21 anos, tinha substituído Pizzi exatamente antes do empate do AEK, mas aos 74 minutos recuperou uma bola a meio campo, arrancou destemido e ainda antes da grande área, rodeado de gregos, disparou rasteiro e colocado, selando o triunfo português.

O Benfica arrecada €1,8 milhões pela vitória, quase tanto quanto pagou há poucos meses pelo mesmo Alfa Semedo.

Na outra partida do grupo, Bayern e Ajax empataram a um golo em Munique. Os holandeses lideram o grupo, com os mesmos pontos dos alemães, mas mais um golo marcado. O Benfica é segundo e a 23 de outubro visita a Arena Johan Cruijff de Amesterdão.