Israel ataca Faixa de Gaza em resposta a disparos de "rockets"

Israel ataca Faixa de Gaza em resposta a disparos de "rockets"
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Exército israelita culpa o Hamas mas o movimento islamista nega o envolvimento. Numa declaração conjunta com outros grupos, o Hamas disse "rejeitar todas as tentativas irresponsáveis de sabotar o esforço egípcio [de mediar as negociações de um cessar-fogo duradouro]."

PUBLICIDADE

A aviação israelita atacou cerca de duas dezenas de posições militares na Faixa de Gaza na sequência de disparos de morteiros, provenientes do enclave palestiniano.

Israel responsabiliza o Hamas pela ofensiva que destruiu, antes do amanhecer desta quarta-feira, uma casa localizada na cidade de Be'er Sheva, no sul do país, a cerca de 40 quilómetros da Faixa de Gaza. O movimento islamista nega o envolvimento.

De acordo com Exército israelita, um outro "rocket" foi lançado mas acabou por cair no mar Mediterrâneo.

A família que ocupava a casa encontra-se a salvo mas do lado palestiniano, de acordo com as autoridades, há registo de um morto e de cinco feridos.

Os ataques surgem numa altura em que mediadores egípcios tentam negociar um cessar-fogo de longo prazo depois de meses de violência entre as partes.

O ministro israelita da Defesa, Avigdor Lieberman, ordenou o encerramento dos pontos de passagem de Erez, para as pessoas, e de Kerem Shalom, para bens. A essas medidas acrescentou uma redução da área de pesca autorizada fora da Faixa de Gaza de seis para três milhas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Turquia acusa Israel de novo "crime contra a Humanidade"

UE continua a financiar a UNRWA enquanto investiga o alegado envolvimento nos ataques de 7 de outubro

Mortos pelo menos 100 palestinianos que aguardavam entrega de comida na cidade de Gaza