Última hora

Última hora

Afegãos votam sob alta tensão

Em leitura:

Afegãos votam sob alta tensão

Afegãos votam sob alta tensão
Tamanho do texto Aa Aa

Foi debaixo de uma grande tensão que os afegãos votaram, este sábado, no primeiro de dois dias de eleições legislativas. A votação acabou por ser alargada a todo o fim-de-semana, depois de uma série de atentados e problemas técnicos em várias assembleias de voto.

A violência está a ensombrar o ato eleitoral. Um ataque bombista suicida na capital, Cabul, fez pelo menos dez mortos e um grande número de feridos. Foi apenas um de vários ataques em quase todas as províncias do país, que terão feito, ao todo, cerca de 20 mortos.

Para Davood Naji, candidato da oposição, o governo está a falhar: "O dia das eleições costumava ser o mais pacífico do Afeganistão. Isso significa que os anteriores governos podiam controlar a segurança nesse dia, graças aos acordos políticos. Espero que o atual governo, além da segurança e do aparato militar, tenha também em atenção os acordos políticos. Os norte-americanos e a NATO podem ter um papel importante", disse à euronews.

Os problemas incidem também na província de Kandahar, no sul do país, onde o chefe da polícia foi assassinado e milícias talibãs têm ameaçado a população caso participe numas eleições que dizem estar a ser impostas por forças externas ao país.