Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Polónia avalia força do governo em voto regional

Mãe e filho numa mesa de voto das autárquicas polacas
Mãe e filho numa mesa de voto das autárquicas polacas -
Direitos de autor
REUTERS/Kacper Pempel
Tamanho do texto Aa Aa

A Polónia é chamada às urnas este domingo para um sufrágio local visto como barómetro à força do partido no governo, o Lei e Justiça (PiS), de Mateusz Morawiecki.

As previsões apontam para uma provável subida do PiS em comparação aos resultados de há quatro anos e com isso o primeiro-ministro poderá sair reforçado para o braço-de-ferro que mantém com a União Europeia devido às reformas institucionais nacionalistas que tem em curso.

O PiS chegou ao poder há três anos e embora domine a política nacional ainda não conseguiu melhor que uma pequena minoria de autarquias e apenas detém a maioria numa assembleia municipal de um total de 16.

Para eleger, por exemplo, os presidentes de câmara é necessário os candidatos conseguirem ultrapassar a fasquia dos 50% dos votos. Nos municípios onde seja necessário, uma segunda volta está prevista para quatro de novembro.

Este domingo, as urnas na Polónia fecham às 21:00 hora locais (menos uma hora em Lisboa).