Última hora

Polónia avalia força do governo em voto regional

Mãe e filho numa mesa de voto das autárquicas polacas
Mãe e filho numa mesa de voto das autárquicas polacas -
Direitos de autor
REUTERS/Kacper Pempel
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Polónia é chamada às urnas este domingo para um sufrágio local visto como barómetro à força do partido no governo, o Lei e Justiça (PiS), de Mateusz Morawiecki.

As previsões apontam para uma provável subida do PiS em comparação aos resultados de há quatro anos e com isso o primeiro-ministro poderá sair reforçado para o braço-de-ferro que mantém com a União Europeia devido às reformas institucionais nacionalistas que tem em curso.

O PiS chegou ao poder há três anos e embora domine a política nacional ainda não conseguiu melhor que uma pequena minoria de autarquias e apenas detém a maioria numa assembleia municipal de um total de 16.

Para eleger, por exemplo, os presidentes de câmara é necessário os candidatos conseguirem ultrapassar a fasquia dos 50% dos votos. Nos municípios onde seja necessário, uma segunda volta está prevista para quatro de novembro.

Este domingo, as urnas na Polónia fecham às 21:00 hora locais (menos uma hora em Lisboa).

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.