Última hora

Última hora

Madrid regulamenta circulação de trotinetas

Em leitura:

Madrid regulamenta circulação de trotinetas

Madrid regulamenta circulação de trotinetas
Tamanho do texto Aa Aa

As trotinetas foram recebidas de braços aberto e até estimuladas nas nossas cidades, até se tornarem um flagelo com consequências perigosas, tanto para peões como para automobilistas.

Não são veículos a motor, não são peões e circulam livremente em estradas, passeios, praças, jardins, etc, podendo atingir entre 20 e 30 quilómetros por hora.

Madrid está a resolver o problema proibindo a circulação selvagem e criando zonas específicas para a circulação e estacionamento destes veículos.

"É um problema quando não se tem uma ciclovia. Deve ser separada uma parte da estrada ou criar uma linha lateral para eles", diz um motociclista.

"Eu acho que é uma boa oportunidade para pensarmos noutras opções de transporte e, ao mesmo tempo, aprendermos a respeitar-nos uns aos outros", afirma outra.

A partir de agora, as trotinetas deixam de poder circular em passeios ou zonas de calçada em geral, nas linhas dos autocarros e transportes públicos e terão que ser estacionadas em zonas específicas.

Os utilizadores frequentes destes veículos já protestam, mas terão que adaptar-se à s novas regras.

Barcelona já regulamentou a circulação destes veículos em 2016; há cidades francesas a analisar a questão; Lisboa que, apesar do acidentado do terreno, tem cada vez mais trotinetas em circulação, pode bem inspirar-se nestes exemplos.