A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Breves de Bruxelas: O finca-pé italiano, Navalny, União Europeia e o Prémio Lux

Breves de Bruxelas: O finca-pé italiano, Navalny, União Europeia e o Prémio Lux
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Nesta edição falamos do finca-pé do Governo italiano. Irredutível, o executivo eurocético fez orelhas moucas ao pedido da Comissão Europeia de reformulação da proposta orçamental e mantém a meta do défice nos 2,4% e a perspetiva de crescimento económico em 1,5%. Um braço-de-ferro, dizem os eurodeputados, que pode custar caro.

Falamos ainda de Alexei Navalny. O líder da oposição russa confirmou esta quarta-feira a "luz verde" para sair da Rússia depois de ser barrado na véspera num aeroporto de Moscovo e proibido de abandonar o país, alegadamente, por uma decisão de um oficial de justiça.

Também em destaque o site "O que a Europa faz por mim", lançado pelo Parlamento Europeu. Os utilizadores podem consultar o que Bruxelas fez por uma região, profissão em particular ou direitos. A iniciativa, à distância de um clique, faz parte da campanha de comunicação para as eleições europeias de maio do ano que vem.

Por fim, a confirmação do vencedor da edição deste ano do Prémio Lux de Cinema do Parlamento Europeu. Foi atribuído ao filme "Woman at War", do islandês Benedikt Erlingsson.