Última hora

Última hora

Bruno de Carvalho acusado de incentivar ataque de Alcochete

Bruno de Carvalho acusado de incentivar ataque de Alcochete
Tamanho do texto Aa Aa

O pesadelo de Bruno de Carvalho está ainda muito longe de chegar ao fim e apesar de já se encontrar em casa, terá ainda de se defender da acusação de ser o autor moral de crimes classificados como terrorismo e de outros 98 ilícitos criminais.

O circo mediático em torno do alegado envolvimento do antigo presidente do Sporting no ataque de Alcochete já atravessou fronteiras, em mais uma página que envergonha o futebol português fora de portas.

Ainda assim, mesmo nos momentos difíceis não faltou apoio a Bruno de Carvalho e toda a ajuda é bem-vinda para o antigo dirigente leonino.

De acordo com a acusação do Ministério Público, Bruno de Carvalho não só teve conhecimento prévio do ataque de adeptos à equipa de futebol, como o incentivou.