Última hora

Última hora

China em guerra contra a Dolce & Gabbana

Em leitura:

China em guerra contra a Dolce & Gabbana

China em guerra contra a Dolce & Gabbana
Tamanho do texto Aa Aa

As maiores plataformas de comércio eletrónico da China retiraram os produtos "Dolce & Gabbana" dos seus portais. Uma decisão tomada depois de ser publicada, na conta de Instagram do fundador da marca, Stefano Gabbana, uma publicação onde se critica, de forma grosseira, o país.

O comentário foi publicado depois de uma onda de protesto por causa de uma campanha da marca onde uma chinesa tenta comer com pauzinhos comida ocidental. Os chineses viram-na como racista.

Enquanto a "Dolce & Gabanna" afirma que a sua conta foi pirateada os consumidores e as celebridades chinesas começaram a fazer boicote aos produtos e ao desfile da marca italiana, que acabou cancelado. Sobre esta questão os responsáveis da "Dolce & Gabanna" escreveram, na referida rede social, que é lamentável que o evento não aconteça por todas as pessoas que trabalharam para a sua concretização.