Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Southampton: uma cidade que disse sim ao Brexit

Southampton: uma cidade que disse sim ao Brexit
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Em Southampton, na costa sul de Inglaterra, fica localizado o terminal de cruzeiros mais movimentado do Reino Unido e um dos maiores portos de contentores. Aqui vive-se das ligações ao resto da Europa e a outros países.

"Mas esta também é uma cidade que quer sair da União Europeia. No referendo de 2016, quase 54% dos eleitores votaram pelo Brexit. Porquê? E o que é que as pessoas pensam do acordo de Theresa May? foi isso que viemos saber", diz o enviado da euronews a Southampton, Damon Embling.

Emma Janes gere uma loja que se dedica ao bem-estar dos animais de quatro patas. Para ela, fazer parte da UE não foi bom. Por isso votou pela saída:

"Neste momento, parece-me tudo uma piada. Votei pela saída mas, na verdade, não faço ideia do que vão fazer, onde é que vamos acabar. Mas gostei que a Theresa May se tenha mantido firme, e tenha tentado", adianta Emma Janes, comerciante.

Southampton é uma cidade onde a diversificada abunda, com algumas áreas de interesse histórico, mas das mais esquecidas do país. Millbrook, é uma delas.

John McAllen, de 82 anos, vive aqui há mais de seis décadas. Como muitos outros eleitores, ele quer que a política de imigração mude:

"Ficamos muito felizes por receber cidadãos da União Europeia durante as férias. Se eles tiverem habilitações específicas sim, ficamos muito felizes por tê-los cá. Agora, se os cidadãos da UE entrarem e minarem o setor do trabalho, não ficaremos felizes. E acho que isso tem sido o problema", explica McAllen.

Mas há também quem esteja confuso com tudo o que está a acontecer: o acordo de Theresa May, toda a política. Já outros estão a perder o interesse.

Euronews - O que é que pensa de tudo o que está a acontecer agora, com a Brexit?

Habitante de Millbrook - Estou cansada, estou farta de ouvir falar sobre isso, mas eu não posso dizer mais nada porque fui a favor da saída.

Residente de Millbrook - Já temos os nossos problemas em casa e, no que me diz respeito, devemos lidar primeiro com os nossos antes de lidarmos com os dos outros.

Outra Moradora de Millbrook - Para ser honesta, não sei grande coisa sobre isso. Não percebi grande coisa, mas oiço muito barulho.

Mas aqui, em Southampton, e em outras regiões onde se votou pelo Brexit, as pessoas odeiam a União Europeia, ou tratou-se de um voto de protesto sobre a qualidade de vida?

"Houve um aumento da imigração na cidade, particularmente entre os jovens, entre eles estudantes. Isso coincidiu com o declínio nas indústrias tradicionais, nos estaleiros, etc. Além disso, Southampton foi atingida pela recessão global e pela austeridade, e acho que isso levou à insatisfação e à desilusão", explica Gavin Midgley, da Universidade de Southampton.

Southampton escolheu o Brexit, que está a demorar a chegar e, ao contrário do que aqui se poderia esperar, anteveem-se águas agitadas no futuro.