Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

O Brexit no enclave de Gibraltar

O Brexit no enclave de Gibraltar
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Enquanto os Estados membros da União Europeia dão os últimos retoques nos planos para a cimeira de domingo, com o divórcio entre UE e Reino Unido, a aproximar-se a passos largos, surgem novas velhas contendas. Desta vez Gibraltar volta a estar no centro da questão. Mas o que pensa quem lá vive sobre a questão da soberania?

"Estamos tão acostumados com este tipo de coisas, vindas dos governos anteriores de Espanha, que não é surpresa. Sabíamos que algo aconteceria. Estamos felizes que Theresa May esteja a segurar, firmemente, o leme. Não temos nada a ver com Espanha. Eles reclamam-nos. Mas isso é com eles. Eles podem reivindicá-lo para sempre", diz um reformado, Emilio Reyes.

"Acho que o senhor Sanchez deveria preocupar-se com os seus problemas internos e deixar de se preocupar connosco. Deixem-nos em paz", desabafa um taxista, John Charles Guy.

"É muito perturbador para as pessoas porque se sentem muito vulneráveis. Eles nunca quiseram este Brexit. E parece que, no final de contas, a Europa não está a enganá-los mas também não está a apoiá-los", adianta Ric Setter, um engenheiro.

Gibraltar foi cedido à Coroa Britânica em 1713, através do Tratado de Utrecht, mas Espanha sempre desejou recuperar o território. Mas em referendo, em 2002, os habitantes recusaram mesmo a partilha do território entre os dois países.