Última hora

Última hora

Sánchez: "Sem acordo sobre Gibraltar, não há voto favorável ao Brexit"

Sánchez: "Sem acordo sobre Gibraltar, não há voto favorável ao Brexit"
Tamanho do texto Aa Aa

Mais do que um rochedo, Gibraltar está a revelar-se uma pedra no sapato para o Brexit e pode mesmo vir a travar a saída do Reino Unido da União Europeia. O presidente do governo espanhol, Pedro Sánchez disse que sem acordo sobre o território, não há há voto favorável de Espanha em relação ao Brexit. Numa conferência promovida pela revista The Economist, Sánchez frisou que Gibraltar não é propriedade do Reino Unido.

"Gibraltar não pertence ao Reino Unido. É representado pelo Reino Unido, mas não é propriedade dele. Por isso nós, como país, não podemos deixar que o que se venha a passar com Gibrtaltar dependa de uma negociação entre o Reino Unido e a União Europeia. Terá de ser algo definido, acordado e negociado entre o Reino Unido e Espanha. Nas últimas 72 horas, isso não foi garantido nem no acordo de retirada nem na declaração futura. Por isso, lamento dizer que um governo pró-europeu como é o governo de Espanha vai votar contra o Brexit, se não houver mudanças. Em segundo lugar, se um governo pró-europeu como o nosso se encontra nesta situação, é porque alguém em Bruxelas não fez devidamente o seu trabalho", disse Sánchez.

Espanha nunca renunciou a recuperar Gibraltar, que cedeu ao Reino Unido no tratado de Utrecht em 1713. Hoje, o território continua a suscitar paixões. No referendo ao Brexit, 96% da população votou a favor da permanência na União Europeia.