Protestos marcam visita do presidente chinês a Espanha

Protestos marcam visita do presidente chinês a Espanha
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O segundo dia da visita de Xi Jinping a Espanha ficou marcado por manifestações contra e a favor do presidente chinês. Uns pediram a libertação dos presos políticos e de consciência, outros deram as boas-vindas ao chefe de Estado.

PUBLICIDADE

O segundo dia da visita de Xi Jinping a Espanha ficou marcado por manifestações contra e a favor do presidente chinês. Uns pediram a libertação dos presos políticos e de consciência, outros deram as boas-vindas ao chefe de Estado.

Numa altura em que se encontra numa batalha comercial com os Estados Unidos, a China tenta fortalecer os laços europeus. Espanha já não recebia a visita de um presidente chinês há 13 anos.

Xi Jinping prometeu ao primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, que o seu país vai importar bens no valor de 70 mil milhões de dólares nos próximos cinco anos e proteger a propriedade intelectual.

Os dois países assinaram uma dezena de acordos entre empresas de vários setores e oito acordos institucionais, que vão facilitar a exportação para a China de uva de mesa e presunto ibérico.

O presidente chinês visita Portugal na próxima semana.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Um arquiteto juntou-se a 17 famílias e nasceu a primeira cooperativa de habitação em Madrid

Só em janeiro, Canárias receberam mais migrantes do que na primeira metade de 2023

Vinícius Júnior, jogador do Real Madrid, não conseguiu conter as lágrimas ao falar de racismo