Última hora

Última hora

Eurogrupo chega a acordo para reforçar a moeda única

Em leitura:

Eurogrupo chega a acordo para reforçar a moeda única

Pierre Moscovici e Mário Centeno anuncia acordo do Eurogrupo
@ Copyright :
REUTERS/Yves Herman
Tamanho do texto Aa Aa

À beira do 20.° aniversário, o Eurogrupo anuncia um acordo abrangente de reforço do pacto da União Económica e Monetária entre os 19 parceiros do bloco.

Após meses de negociações e uma derradeira reunião de 18 horas, encerrada às 08 horas da manhã em Bruxelas, o acordo viu a luz do dia esta terça-feira.

No relatório final estão incluídas propostas de desenvolvimento do Mecanismo de Estabilidade Europeia (MEU), da operacionalidade do plano de recurso ("backstop") comum do Fundo Único de Resolução e eventuais instrumentos para melhorar a competitividade, convergência e estabilização no MEU.

"O objetivo será aumentar a resiliência da zona euro", lê-se no comunicado do Conselho da União Europeia, que resume o relatório a apresentar a 14 de dezembro aos líderes da União Europeia na chamada Cimeira do Euro e, depois com o mandato recebido pelos "28" ("27" no final de março de 2019), prosseguir com a concretização da reforma.

O Comissário Europeu dos Assuntos Económicos e Financeiros enaltece o passo dado, mas alerta que ainda há muito trabalho por fazer.

"Apenas podemos avançar no aprofundamento da união económica e monetária passo a passo, hora após hora. Não demos passos gigantes em frente, mas demos passos importantes num caminho que se antevê longo e difícil. Agora, cabe à Cimeira do Euro dar o aval a este acordo e indicar-nos como avançar nos pontos mais relevantes, entre eles, claro, o orçamento da zona euro", afirmou Pierre Moscovici.

O Comissário Europeu falou lado a lado com o ministro português das finanças, Mário Centeno, que celebrou exatamente esta terça-feira o primeiro aniversário como presidente do Eurogrupo, no dia e que terminaram as intensas negociações em torno da reforma das regras comuns da moeda única.

A reunião ficou marcada por diversos braços de ferro, tendo havido inclusive ameaças por parte do ministro francês Bruno Le Maire de abandonar as negociações, com o homólogo alemão Olaf Scholz a funcionar como moderador.

A moeda única europeia celebra a 01 de janeiro os 20 anos sobre o lançamento como unidade de câmbio em 10 países.

Três anos depois as notas e moedas entraram em circulação, já incluindo Portugal, e hoje são 19 os países a usar o Euro.