Última hora

Última hora

Eurogrupo reconhece bom desempenho da economia portuguesa

Em leitura:

Eurogrupo reconhece bom desempenho da economia portuguesa

Foto família Eurogrupo Viena
Tamanho do texto Aa Aa

Os resultados da missão de acompanhamento a Portugal após o programa da troika foram um dos temas debatidos no Eurogrupo desta sexta-feira, em Viena.

Reunidos na Áustria, os ministros das finanças dos países da moeda única reconheceram o bom desempenho da economia portuguesa, mas ainda há reformas a fazer como revelou o Presidente do Eurogrupo e ministro português das Finanças, Mário Centeno.

"A missão testemunhou um bom desempenho da economia portuguesa. Olhando para o futuro e dado os riscos externos, a resiliência da economia aos choques deve continuar a ser reforçada e a divida pública a ser reduzida."

Itália está a tornar-se numa grande preocupação do Eurogrupo. A dívida pública do país já ultrapassou os 132% do Produto Interno Bruto (PIB) e é a segunda maior da zona euro, depois da Grécia.

As contas do país agravam-se e a coligação de governo está sob pressão popular para cumprir as promessas eleitorais que, em vez de cortes, implicam mais despesa. A proposta de orçamento para o próximo ano de Itália é aguardada com expectativa no Eurogrupo, como admitiu o Ministro austríaco das Finanças, Hartwig Loger.

"Tenho esperança que a Itália apresente nos próximos dias uma proposta de orçamento para 2019 adequada e razoável".

Esta foi a primeira reunião do Eurogrupo desde que terminou o programa de assistência financeira à Grécia.